CNAE do Empreendedor Digital: Quais são e como definir o seu

CNAE do Empreendedor Digital: Quais são e como definir o seu

Contabilidade para agência de marketing digital

O empreendedorismo digital cresceu demasiadamente durante à pandemia. Novas estratégias e formas de comunicação que antes eram tendências, se tornaram realidade para atender ao novo comportamento do consumidor. A necessidade de formalização do trabalho do empreendedor digital e a escolha do  CNAE correto para cada Empreendedor Digital não podem ser deixadas de lado.

Em virtude deste atual cenário, a busca pela formalização aumentou consideravelmente neste segmento. No entanto, encontrar o CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) mais adequado a cada ramo de atividade ainda é motivo de preocupação para muitos empresários no momento de formalização do seu negócio.

Para te auxiliar nesta etapa vamos explicar como funciona o processo de formalização e a escolha do CNAE ideal para cada empreendedor digital.

 

PRIMEIRA ETAPA: Como formalizar meu negócio?

Antes de escolher o CNAE mais adequado para o seu negócio, é preciso solucionar algumas questões para a regularização da sua empresa:

  1.  Qual o porte da sua empresa? Essa pergunta está diretamente relacionada ao seu faturamento e a resposta determinará o porte e o número máximo de funcionários.
  2.  Qual o regime tributário? Apesar de existir outros regimes de tributação, os empreendedores digitais optam pelo Simples Nacional. Essa escolha é de extrema importância, pois impactará o futuro do seu negócio e os tributos da sua empresa.
  3.  Qual a natureza jurídica? Existem diversas naturezas jurídicas que podem ser consultadas no CONCLA (Comissão Nacional de Classificação), de acordo com o objetivo do seu negócio (Entidades Empresariais, Pessoas Físicas, Administração Pública, entre outras). Mais abaixo explicaremos os diferentes formatos de empresa para o seu conhecimento.
  4.  Qual o setor definido? Para os empreendedores digitais os setores mais utilizados são: Prestador de Serviços ou Comércio, no entanto, há outras possibilidades caso você não se enquadre nessas áreas.

Além disto, existem inúmeras perguntas que precisam ser respondidas antes da formalização da sua empresa, como se você está em dia com a declaração de imposto de renda, situação com a justiça eleitoral, entre outros questionamentos.

 

SEGUNDA ETAPA: Qual formato empresarial devo escolher?

 

Cada modelo de empresa traz diferenciações a respeito do capital inicial, número de funcionários, faturamento e quantidade de atividades permitidas.

Para escolher com consciência a natureza jurídica da sua empresa, entenda os diferentes formatos empresariais:

 

  • EI – Empresário Individual: Para quem deseja ser o único titular do negócio, mas traz como desvantagem o comprometimento do patrimônio por arcar com as dívidas da empresa.
  • MEI – Microempreendedor Individual: É a melhor opção para empreendedores que estão no início do seu negócio e buscam a regularização em seus trabalhos.
  • EIRELI – Empresa Individual de Responsabilidade Limitada: Diferente da MEI, o patrimônio pessoal não é relacionado ao patrimônio jurídico, mas necessita de um capital mínimo para a abertura.
  • LTDA – Sociedade Limitada: Permite a entrada de sócios e assegura a proteção do patrimônio pessoal de cada empresário. 
  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal: Essa modalidade não exige sócio e capital mínimo para a abertura, além disto, também separa o patrimônio pessoal e o jurídico.

 

TERCEIRA ETAPA: Qual o CNAE correto para o empreendedor digital?

 

Devido à ausência de atualizações e CNAE’s específicos para cada segmento de atividade podemos encontrar diversas categorias que se enquadram dentro das áreas relacionadas ao empreendedorismo digital.

Conheça as classificações mais utilizadas e descubra qual o CNAE ideal para cada tipo de Empreendedor Digital, de acordo com o CONCLA.

 

  • Criadores de Produtos Digitais – Os criadores de produtos digitais, se enquadram no CNAE 8599-6/04, que compreende o desenvolvimento de conteúdo digital para cursos e treinamentos. No entanto, se o conteúdo se tratar de um e-Book o CNAE mais indicado é o 5811-5/00.

 

  • Influenciadores digitais – Por não existir ainda uma categoria específica para essa profissão, é necessário avaliar antes o foco da atividade para encontrar o CNAE mais próximo. Desta forma, o mais adequado até o presente momento seria o 7311-4/00, utilizado para agências de publicidade, agregando os serviços de produção de campanhas e materiais publicitários, bem como a representação de veículos de comunicação e prestação de merchandising.

 

  • Youtubers – Em falta também de um CNAE apropriado, a classificação de Youtuber deve levar em consideração a forma de comunicação para a escolha da categoria. Sendo 9001-9/01, para materiais que envolvam a produção teatral, 5912-0/99 para a edição e divulgação de vídeos e 7319-0/03 para vídeos como uma fonte de renda proveniente de afiliação do Google Adsense, sendo a mesma utilizada para qualquer outro afiliado online (Marketing Direto).

 

  • Proprietários de sites e blogs – Já para a criação de portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na internet, o CNAE sugerido é o 6319-4/00.

A escolha do CNAE correto é fundamental para a formalização do seu negócio, pois através desse código registrado no CNPJ da sua empresa será determinado a forma de tributação e o tipo de atividade que você poderá executar.

 

QUARTA ETAPA: Como ter êxito na gestão do meu negócio?

 

Com a orientação de um escritório de contabilidade você conseguirá ter uma gestão de qualidade e eficiência para o planejamento tributário da sua futura empresa, desta maneira você otimizará tempo, economizará recursos, reduzirá impostos e trabalhará com mais tranquilidade e segurança, de acordo com as exigências impostas pela lei.

O suporte de uma equipe especializada ajudará na formalização do seu negócio e na escolha do CNAE mais adequado. Para mais informações sobre os nossos serviços entre em contato com a Contjet preenchendo o formulário. 

 

Outros artigos que selecionamos para você:

blank
Rogério Pereira da Silva

Rogério Pereira da Silva é advogado, contabilista e palestrante, fundador e diretor da FISCONNECT - Assessoria Contábil, escritório de contabilidade que assessora micro e pequenas empresas no estado de São Paulo, pós-graduado em Direito Tributário pela PUC/SP, especialista em Direito Processual Tributário pelo CEU e com MBA em Contabilidade Empresarial pela PUC/SP.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.